Resenha - Harry Potter e A Ordem da Fênix

quinta-feira, dezembro 29, 2016 2 Comentários A+ a-


Sinopse: Harry Potter e a Ordem da Fênix - Harry Potter chegou à adolescência. E, junto com as transformações desta época tão importante, vive seus dias mais sombrios na escola de magia de Hogwarts. Anunciado por sua própria autora, a escocesa J. K. Rowling, como o livro que inaugura a fase dark do personagem, Harry Potter e a Ordem da Fênix, quinto volume da saga do jovem bruxo,. saiu em junho na Inglaterra e nos Estados Unidos, provocando uma corrida dos jovens fãs do bruxinho às livrarias. A versão brasileira tem tradução de Lia Wyler, que precisou de muito talento e rapidez para traduzir as 704 páginas em tempo recorde: como havia um contrato de sigilo cercando Harry Potter e a Ordem da Fênix, Lia recebeu o livro junto com os leitores de língua inglesa e teve pouco mais de quatro meses para concluir a tarefa.
Resenha
Harry Potter e A Ordem da Fênix é o quinto livro da série Harry Potter e agora as coisas ficaram um pouco mais preocupantes do que nos livros anteriores em relação à Você-Sabe-Quem. Esse é o maior livro da série. Harry está agora um pouco mais crescido e sua mentalidade de adolescente fica evidente o livro inteiro. Quando o livro começa, como de praxe, na Rua dos Alfeneiros, Harry já recebe uma grande surpresa vinda da prisão de Azkaban. 

Por conta dessa "surpresa", esse foi o livro em que eles mais demoraram para voltar das férias e voltar para Hogwarts (até agora). 


Nesse livro conhecemos a nova professora de Arte das Trevas, a Sra. Umbridge, mandada diretamente pelo Ministério da Magia para trabalhar em Hogwarts, e se você já assistiu aos filmes, sabe que ela vai tornar a vida de Harry um inferno ao se tornar a Alta Inquisidora de Hogwarts. Harry recebe inúmeras detenções, pois o Ministério da Magia, atrelado ao Profeta Diário (um jornal dos bruxos) fazem questão de dizer para todos que o que houve na aventura passada, relacionada ao Torneio Tribruxo e o Cedrico, não teria nada a ver com Lorde Voldemort e dizem que falar que ele voltou é uma enorme mentira. Como Harry o viu, não consegue não arranjar discussões e fazer com que a professora Umbridge lhe dê muitas detenções.

A Ordem da Fênix é uma ordem secreta, que existe para combater o Lorde das Trevas e seus seguidores, por isso Harry tem uma relação com a nova Ordem, mas não faz parte dela, apesar de muitas pessoas que o cercam sempre estão nessa Ordem.

O quinto livro vai narrar as aventuras de Harrry com a Ordem da Fênix, com os debates contra a Umbridge, com os problemas de Hagrid, com suas novas visões durante sonhos, relação com a Oclumência e a vida sofrida de estudantes bruxos que terão de prestar exames para os N.O.M.s.


Não posso deixar de mencionar uma morte que ocorre nesse livro e que é bastante chocante tanto para Harry quanto para os leitores, se você já viu os filmes sabe de quem estou falando, mas se não viu e ainda não leu, saiba que a morte desse personagem é bastante emocionante, principalmente porque Harry se recusa a acreditar...

Avaliei esse livro como excelente, mas não dei favorito como nos anteriores, porque algo não me agradou e não sei dizer ao certo o quê... É um livro ótimo, dá continuidade á série e tudo o mais, mas o Harry está tão crescido... Não sei... Seu temperamento está diferente... As cenas divertidas em Hogwarts quase não existiram no quinto livro, por conta desse ar mais preocupado de todo mundo em relação ao que está ocorrendo fora e dentro de Hogwarts. Enfim, gostei do livro, algumas cenas com certeza conseguiram minha imersão, mas eu senti que esse livro foi mais pesado, não por conta do tamanho, mas porque o enredo está mais pesado, denso e tenso. Sei que a tendência é ficar ainda mais pesado, porque agora Lorde Voldemort está pronto para atacar Harry e está cada vez mais próximo dele, então as coisas tendem só a piorar... 

E você, já leu Harry Potter? Se sim, o que achou? Comenta aí!

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

2 comentários

Write comentários
sara
AUTHOR
29 de dezembro de 2016 11:01 delete

a morte que vc falou: nem eu queria acreditar </3 um dos mrus personagens preferidos, qchoq ru foi a morte de hp que mais mexeu cmg )): esse é o livro que eu menos gosto de hp. Realmente a partir de agora os livros tem uma pegada mais sombria; o clima lecau do trio em hogwarts n vai existir mais, agora é treta pura hsjaojsjsje. Boa leitura c half-blood prince!

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
31 de dezembro de 2016 04:58 delete

Simmmm, cara ): gostava muito dele, af! Ahhh, eu gostava tanto... Pelo visto agora só vai ser treta mesmo :/ Obrigadaaa, bae <3

Reply
avatar

"Comento, logo existo."