Resenha - O Estranho Hábito de Dormir em Pé

quinta-feira, fevereiro 19, 2015 3 Comentários A+ a-


Título: O Estranho Hábito de Dormir em Pé
Autor: Paulo Sandrini
Editora: Travessa do Editores
Nº de páginas: 131
No Skoob: Clique Aqui
Comprar: Clique aqui (R$ 23,75)



Sinopse:
Nos contos d'O estranho hábito de dormir em pé a crítica política e social é sempre apresentada por meio de uma alegoria poética desconcertante que nos aproxima dos mistérios da vida e, no entanto, só nos permite intuir, jamais compreender. Em todos os contos do livro há um clima de indagação filosófica e de aguda reflexão sobre a inutilidade do poder. Num mundo mecânico e opressivo, Paulo Sandrini representa a encarnação da anti-retórica e da dignidade.

Resenha

Contos distorcidos sobre a vida

O Estranho Hábito de Dormir em Pé é um pequeno livro, escrito por um autor nacional e que é muito bacana. As ilustrações do livro (que aparecem somente no título de cada conto) foram feitas pelo seu irmão. O autor é daqui de Curitiba também <3 e, é um livro com contos que as pessoas podem interpretar de maneiras diferentes. Teve um conto que a minha amiga leu comigo, sobre um homem que era amigo de um médico, e aos poucos esse médico foi apresentando manias estranhas. Ele comia feno e dormia em pé. Mas o que eu entendi foi que o médico estava virando um cavalo, mas a minha amiga não conseguiu entender isso, por isso, é necessário ler com atenção. 

O meu conto preferido foi "O que dizem os especialistas", que faz uma menção à médicos que fazem os pacientes gastarem muito dinheiro em medicina para encontrar a cura. Tratava-se de um homem muito peludo, tão peludo que as pessoas achavam estranho. Sendo assim, ele foi em um médico que disse que não podia fazer nada por ele, e então o indicou outro médico. Esse médico prometeu curá-lo e receitou mais remédios que fizeram o homem ficar ainda mais peludo. Depois o médico disse que não podia fazer mais nada, e indicou outro médico. E assim, o homem foi passado de médico em médico e ficando cada vez mais peludo, acabando como um monstro peludo que nunca foi curado. E aprendemos com isso, que às vezes coisas desnecessárias não precisam de tratamento, precisam somente serem aceitas por nós mesmos. Vamos parar de dar dinheiro pra médico que te mantém no hospital só pra ganhar dinheiro! (Tenho uma experiência dessas na família).

✖ Avaliação da escrita: A escrita é muito boa e até meio complexa, por isso mesmo é necessário ler duas vezes ou mais o que não se entendeu. Mas adorei a escrita e as palavras que eu não conhecia empregadas nos textos!

✖ Avaliação do enredo: - Sem enredo específico -.

✖ O que me levou a avaliá-lo como muito bom?
O livro e seus contos que trazem nas entrelinhas coisas da nossa vida, situações inevitáveis e também amizade e amor, dor e terror. Eu adorei o livro, adorei o título, mas apesar de tudo o que ele me passou, ainda não pude considerá-lo como excelente, mas é muito bom!

✖ Considerações finais:
O Estranho Hábito de Dormir em Pé sempre vai ser muio bem visto por mim. Eu o li em menos de uma semana, por ser curtinho, mas somente na escola, e eu demorei para concluí-lo mais do que eu esperava, ainda mais por eu ter terminado O Vampiro de Curitiba (Veja a Resenha Aqui) em um dia e eles terem basicamente a mesma quantidade de páginas. De qualquer forma, adorei o livro! Está aprovadíssimo, mais um nacional que adorei <3

E você, já ouviu falar deste livro? O que achou do título? Ficou com vontade de ler? Comenta aí! ^-^



/Beijocas da Saroca

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

3 comentários

Write comentários
Nayana
AUTHOR
1 de março de 2015 13:14 delete

Gente, cada conto macabro AUHAUAHUAHA Tem que estar bem concentrado mesmo e no clima pra dar uma viajada em interpretações.
Não conhecia o livro! Mas achei bem legal e adorei a capa.


www.distracoesdiarias.com

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
1 de março de 2015 14:01 delete

Sim, muito louco interpretar esses contos ainda mais loucos SHAHUSAHU... A capa é muito legal! o/

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
1 de março de 2015 14:01 delete

Sim, muito louco interpretar esses contos ainda mais loucos SHAHUSAHU... A capa é muito legal! o/

Reply
avatar

"Comento, logo existo."