Resenha - As Vantagens de Ser Invisível

terça-feira, fevereiro 03, 2015 6 Comentários A+ a-


Título: As Vantagens de Ser Invisível
Autor: Stephen Chbosky
Editora: Rocco Jovens Leitores
Nº de páginas: 224
No Skoob: Clique Aqui
Comprar: Clique Aqui (R$ 17,70)



Sinopse:
Elogiado pela crítica e adorado pelos leitores, As vantagens de ser invisível – que foi adaptado para os cinemas com Emma Watson, a Hermione de Harry Potter, e Logan Lerman, de Percy Jackson, no elenco – acaba de ganhar nova reimpressão pela Rocco. Livro de estreia do roteirista Stephen Chbosky, o romance, que vendeu mais de 700 mil exemplares nos EUA desde o lançamento, está de volta ao topo do ranking do The New York Times impulsionado pela adaptação para a telona. Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela. As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário. Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

Resenha
Li esse livro em 2013 e só agora estou fazendo a resenha. Desculpem-me, mas eu sempre acabo fazendo resenhas dos livros que eu acabei de ler para não esquecer e acabar fazendo uma resenha que falta informações que ainda estão frescas. Como podem perceber, faz um tempo que eu li As Vantagens de Ser Invisível, então a resenha pode não sair aquelas coisas, mas tentarei!


O livro é uma espécie de diário em forma de cartas, ou seja, são cartas que Charlie envia contando como anda a sua vida e o que ele anda fazendo. Ninguém sabe para quem as cartas são enviadas, apenas que são escritas e enviadas. 

Bom, Charlie não tem uma vida comum, como é de se esperar. Ele tem uma vidinha ruim no começo, acabou de entrar no Ensino Médio e sua família é composta de tretas... A irmã que apanha do namorado, uma infância traumatizadora, perdas de memória recente... Coisas do gênero.

Charlie teme o ensino médio, porque ele é um garoto muito, digamos assim, "zoável". Ele não demonstra ser muito hétero, ele é meio nerdzinho e gosta de escrever poemas e cartas. Não sei porque as pessoas o maltratariam por tais características, mas dá pra imaginar que atitudes assim venham de pessoas idiotas. Mas, Charlie é diferente. Ele é um garoto extremamente forte e pode espancar qualquer um que venha de malícias para o seu lado, o que eu realmente admirei e que é algo diferente de se ver. Ele conta em suas cartas que lê vários livros por recomendação do professor e, depois de um certo tempo, conhece Sam e Patrick.

Ambos são "irmãos", por mais que não compartilhem o mesmo sangue em nenhum dos lados (pelo que eu me lembre). Patrick é homossexual e Sam prefere os caras populares. Já é de se imaginar que Charlie (relembrando: O Cara Nada Popular do Primeiro Ano) se apaixona por ela, mas ela não dá trela porque se importa mais com o que os outros vão pensar, por mais que ela e Patrick demonstrem não ser assim e estarem nem aí para os outros, mas ela é meio hipócrita nesse aspecto... 

Charlie continua escrevendo as cartas, conta como anda sua amizade com Sam e Patrick e outros amigos, conta como está sua família e as coisas que aconteceram recentemente. Ele tem vários dias muito legais na vida, mas depois, acaba se perdendo novamente. Charlie é doente (que doença ele tem? Em momento algum nos é dito isso). A única coisa que sabemos é que ele gostava muito de sua tia que morreu atropelada no Natal. No filme, dá pra gente ter uma noção do que acontece, mas ainda não dá para entender sua doença, apenas pensar que ele sofreu um trauma forte. Mas essa doença dele faz ele agir sem pensar, ele fica com perda de memória recente e fica fora de si, uma coisa que ninguém entende, mas que parece ser bem triste para a família e para todo mundo.

Mas fora isso, o amor de Charlie por Sam é muito lindinho. Ele até namora com outra garota, uma das coisas mais divertidas que acontecem no livro. Mas, ninguém pode negar que Charlie é gay em um momento, e certo dia, eu e um amigo (gay) que eu tenho, estávamos discutindo sobre o livro e fizemos essa incrível adaptação:
Ahhh, como é bom ter amigos leitores!!!

Foi só uma brincadeira, ambos adoramos o livro, mas essa adaptação foi meio verdadeira, haha. Enfim, As Vantagens de Ser Invisível, é um livro voltado para a amizade 100%, o amor que pode surgir e problemas familiares. Eu realmente gostei desse livro.

✖ Avaliação da Escrita: Eu gostei da escrita do autor, por mais que eu tenha achado bem simples. É uma escrita fácil, dá para ver que é voltada para o público juvenil, por mais que eu ache que isso não influencie em nada, pois mesmo que eu tivesse 30 anos eu adoraria esse livro.

✖ Avaliação do Enredo: O enredo é algo diferente, algo que nunca se viu antes. É um diário, mas também são cartas. É um tipo diferente de escrever em primeira pessoa, e esse tipo é muito gostoso de ler. Os amigos únicos de Charlie, a vida do Charlie, é tudo muito bem feito, por mais que o autor não nos deixe a par do que aconteceu de fato com o protagonista e para quem ele escreve. É bom não saber para quem ele escreve na verdade, porque é como se ele escrevesse especialmente para você.

✖ Avaliação da Capa: Por mais que a capa original e a capa da adaptação cinematográfica sejam das mesmas cores e tudo o mais, eu particularmente gosto mais da capa da adaptação. A capa original é praticamente igual, mas sem os três, e com uma sombra do que seria o Charlie. Na capa da edição que nós temos aqui, aparece os três amigos e tal, eu gosto. E gosto da cor também.

✖ Sobre o Protagonista: O que dizer do Charlie? Ele é eu, ele é você, ele é todos nós. Por que? Pelo simples fato de não ser NADA perfeito. Mas ele é NADA perfeito á sua maneira. O que achei bacana na construção de Charlie, é que o autor faz o Charlie gostar de escrever, mas ainda assim, mostra que ele não é bom nisso e que precisa melhorar ainda mais no que ele gosta de fazer. Charlie é um ótimo amigo, por mais tímido, problemático e estranho que seja. Ele é uma pessoa comum, com dificuldades comuns.

✖ O que me levou a avaliá-lo como excelente?
Por mais que eu tenha ajudado a fazer aquela adaptação na capa do livro, eu gostei dele. É algo diferente dos livros juvenis atuais, acho até que ele tenha dado certa inspiração para livros juvenis, porque mostra a realidade, mas também mostra o amor, a amizade, além da timidez, dos problemas de aprendizado e doenças... Eu achei esse livro excelente e muito rápido e gostoso de ler, com certeza o relerei quando tiver a oportunidade.

✖ Considerações finais: Um beijo para Kevyn Daniel! Lembra dessa nossa adaptação na capa? A melhor! Um beijo, Super Junior.

E você, já leu ou assistiu As Vantagens de Ser Invisível? Se sim, o que achou? O que achou da nossa adaptação? Comenta aí!


/Beijocas da Saroca

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

6 comentários

Write comentários
Ana
AUTHOR
3 de fevereiro de 2015 11:13 delete

Toda vez que eu vou nas lojas e livrarias eu vejo esse livro, mas é 30 reais e eu acho um absurdo cobrar tanto por um livro que é bem fino, até. Por isso nunca comprei.
Eu acho legal fazer resenha de livros que você leu há um tempo, um dia eu ainda vou fazer resenha de todos os livros que tenho.

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
3 de fevereiro de 2015 11:51 delete

Uhum, tem vários livros finos que são mt caros, tipo "Coraline". Tem 155 páginas e custou quase cinquenta reais... Mas não posso falar mt, o meu livro tem 226 e custa 42 reais, mas é pq foi publicado por uma editora não conhecida, se fosse mais famosa como a Rocco, normalmente não custaria tudo isso não...

Beijo!

Reply
avatar
Alice Lima
AUTHOR
3 de fevereiro de 2015 14:20 delete

Você gostou do filme? Falo porque só assisti o filme, não li o livro e gosto de saber se é muito diferente, ou se o filme foi fiel ao livro (eu achei o filme bem legal)!
:)
beijinhos

www.wonderbooksdaalice.com

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
3 de fevereiro de 2015 15:05 delete

O filme é fiel em algumas partes, mas nem totalmente (como sempre). Eu gostei bastante do filme, foi por causa dele que li o livro <3
Beijo.

Reply
avatar
Nayana
AUTHOR
5 de fevereiro de 2015 14:52 delete

Eu achava que você odiava o livro! Sério, fiquei surpresa conforme fui lendo a resenha. Eu AMO essa história e amo o quanto o filme conseguiu ser fiel. É tão gostoso, tão rápido de se ler, uma história tão surpreendente e ao mesmo tempo consegue fazer você se identificar tanto... Foi também minha primeira experiência com livros escritos em forma de cartas, e adorei. Enfim s2

Nayana
distracoesdiarias.com

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
5 de fevereiro de 2015 15:51 delete

Não, foi só uma zoeira alheia SHUAAHUSSHU... Eu AMO <3333 e o carinha que me ajudou nessa sujeira também USHAHUASHUUAS...

Reply
avatar

"Comento, logo existo."