Resenha - A menina que não sabia ler

terça-feira, dezembro 16, 2014 9 Comentários A+ a-


Título: A menina que não sabia ler
Autor: John Harding
Editora: LeYa
Nº de páginas: 288
No Skoob: Clique Aqui
Comprar: Clique Aqui (R$ 10,90)



Sinopse:
1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?

Resenha

Parece um livro agradavelmente fofo, mas é um verdadeiro livro de horror.

Quando você pega esse livro para ler, acha que vai ser inteiro sobre uma menina que não sabe ler. Mas, muito pelo contrário, a protagonista aprende a ler logo no começo do livro, o que faz com que o título não tenha nada a ver com o livro. 

Giles, o irmã caçula de Florence (a protagonista), tinha uma mentora, e ela ensinou Florence à ler. Infelizmente, durante um passeio de barco (ela e Florence estavam no barco), ela caiu no rio e morreu afogada. Interrogaram a menina várias vezes desconfiando que ela poderia tê-la jogado na água, mas ela sempre negava. Ela e seu irmão moravam na mansão de seu tio (que parece bem mal, mas que não aparece no livro, nunca). A mansão era cheia de empregados, mas Giles ainda precisava de educação. Então é mandado para um colégio interno, e Florence recebe muitas cartas dele e fica desconfiada que ele possa estar sofrendo no colégio. Florence sempre lia escondido, porque os empregados da casa não sabiam que ela sabia ler. Durante o período de seu irmãozinho fora, ela conhece Theo Van Hoosier, uma garoto da mansão vizinha que está interessado em Florence e de tempos em tempos ia passar algumas semanas na casa, pois sofria de uma asma horrível, e sua mãe o mandara para a mansão deles porque tinha um "ar mais puro".

Logo Giles volta do colégio interno e fica na mansão, sendo assim, uma nova mentora precisa vir para ensinar coisas à ele, e vem então a Srta. Taylor. Ah, esqueci de mencionar que Florence tinha pesadelos de uma pessoa encapuzada, no quarto de Giles, acariciando o seu rosto e cantarolando e depois dizia "Ah, querido, eu poderia comê-lo!". E não demora muito até Florence presenciar de VERDADE essa cena, mas quem estava sobre Giles, era a Srta. Taylor. Essa mulher também não comia e não dormia, e Florence começou a notar isso. Logo, ela foi bisbilhotar o quarto da mulher e encontrou duas passagens de trem, e debaixo da cama, uma mala com as roupas do garoto. Ela sabia que a mulher queria levá-lo embora, e ela não permitiria isso, e é aí que começa o terror.


✖ Avaliação da escrita: A escrita é bem formal, eu gostei bastante da escrita do autor e suas descrições bem detalhadas de cada cena.

✖ Avaliação do enredo: Eu gostei bastante, ainda mais por ser um livro que aparenta ser uma coisa e depois passa a ser outra. Quando eu vi esse livro pela primeira vez, pensei que devia ser uma cópia de "A menina que roubava livros", pois a protagonista, inicialmente, também não sabe ler. Mas não tem NADA A VER. Talvez o autor tenha se inspirado no livro de Markus Zusak, mas o enredo é completamente diferente.

✖ O que me levou a avaliá-lo como muito bom?
Eu achei o livro ótimo, mas não chegou a ser excelente, ou um livro que eu com certeza recomendarei para alguém certo dia, mas se me perguntarem sobre ele, direi que é muito legal e muito louco. Porque ele é muito diferente do que parece realmente ser. Acho que faltou um pouco de sentimento na personagem, que não liga de ver uma pessoa morrendo e não fazer nada. Ou eu devo aceitar que ela era uma psicopatinha mesmo? É complicado... Foi esse e alguns outros pontos que não me fizeram avaliá-lo como excelente, mas com certeza existiram partes de tirar o fôlego!


✖ Considerações finais: 
Se um dia você ver que esse livro está baratinho em uma promoção de qualquer site, pode comprar sem medo, é um bom livro, eu garanto! (a não ser que você não goste de horror com crianças envolvidas).

E você, já leu esse livro? Se sim, o que achou? Comenta aí, vamos discutir :3


/Beijocas da Saroca

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

9 comentários

Write comentários
17 de dezembro de 2014 03:44 delete

Já ouvi falar nesse livro mas nunca despertei interesse até ler a resenha. Parece ser um livro legal, mas não sou fã de livros de horror e muito menos com crianças envolvidas T-T
Mas fiquei curiosa para saber o final huehue. Amei a resenha, super completa e explicativa :3

~September Rains

Reply
avatar
David Andrade
AUTHOR
17 de dezembro de 2014 06:11 delete

Oi Sarah
Ja tinha ouvido falar desse livro. Parabens pela resenha. Parece ser bem realista. Tenho vontade de conhecer a obra desde quando foi anunciado o lançamento, so não tive oportunidade ainda, mas quero conhecer.

Abraços
David Andrade
http://www.olimpicoliterario.com/

Reply
avatar
17 de dezembro de 2014 07:08 delete

Olá, tudo bem?
Nossa, eu sempre imaginava que esse livro era bem diferente quando o via para comprar. Nunca pensei que fosse nesse estilo. Confesso também que fiquei curiosíssima para saber o que acontece.
Super beijos <3
http://livros-cores.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
17 de dezembro de 2014 08:11 delete

Obrigada! *-* sim, é um livro que a aparência engana, e muito!

Beijos!

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
17 de dezembro de 2014 08:12 delete

Obrigada! Sim, é um livro bem diferente...
É Sara sem "h" D: SUHHASUSHU

Beijos e obrigada pelo comentário! ^^

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
17 de dezembro de 2014 08:12 delete

Sim, é um livro que engana completamente! Haha, se for ler, espero que goste!

Beijos! ^^

Reply
avatar
15 de março de 2015 12:28 delete

Então, esse livro esta na revista da avon , e eu to super curiosa para ler ele, mas todos dizem que ele e sinistro e tals, então ele é muito sinistro do tipo lenda urbana ou de dar pesadelos? É porque eu quero muito lê-lo mas estou com.medinho kkk alguem pode me ajudar por favor? Obrigada

Reply
avatar
15 de março de 2015 12:30 delete

Então, esse livro esta na revista da avon , e eu to super curiosa para ler ele, mas todos dizem que ele e sinistro e tals, então ele é muito sinistro do tipo lenda urbana ou de dar pesadelos? É porque eu quero muito lê-lo mas estou com.medinho kkk alguem pode me ajudar por favor? Obrigada

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
16 de março de 2015 15:45 delete

Não, não é de terror! SUHHAUSUA não se preocupe, não dá medo... Você só se assusta um pouco no final porque a protagonista mata algumas pessoas, mesmo sendo bem jovem... Mas não tem nada aterrorizante não, pode ficar sossegada >.<

Reply
avatar

"Comento, logo existo."