Resenhas de filmes #2 - Eu os declaro marido e... Larry

sexta-feira, setembro 26, 2014

Eu os declaro marido e... Larry é o meu filme de comédia favorito (oficialmente declarado desde os meus 12 anos de idade). Assisti mais de um milhão de vezes - aproximadamente - e nunca me cansei dele. Obviamente, eu não podia deixar de resenhá-lo aqui no blog. Come on!


No início do filme somos apresentado à dois grandes amigos: Chuck (Adam Sandler) e Larry (Kevin James). Ambos são bombeiros e logo no começo passam por situações divertidas tentando salvar um obeso que não sai da cama há 5 anos de um incêndio. Mas certo dia, Larry e Chuck quase morrem e então Larry decide largar a profissão de bombeiro, porque sua esposa partiu há alguns anos, deixando Larry e os dois filhos que tiveram: Uma menininha que gosta de baseball e um garotinho que é gay.

Chuck quase implora para que Larry não deixe de ser bombeiro porque aquilo é o que eles "são". Então, Larry tem a brilhante ideia de forjar uma união instável gay, que garantiria a guarda das crianças à Chuck, caso Larry morresse realizando um serviço como bombeiro.

Depois de um tempo, Chuck finalmente resolve aceitar. Mas Larry e Chuck correm o risco de serem descobertos, por isso precisam oficializar a união de um modo: casando-se. Viajam para o Canadá e lá realizam um casamento com um tailandês/chinês, uma velha tocando piano e um mendigo-bêbado-dançarino.
"O amor é como um círculo. Não é como um triângulo, que tem três cantos, nas extremidades. É um círculo, porque é infinito."
Ah, uma coisa que esqueci de mencionar, é que os dois contratam serviço de um advogada e Chuck acaba se apaixonando por ela (o que é estranho, já que antes ele era um vadio, como ele se autodenomina). Mas depois, é claro que ela acaba descobrindo que os dois não são gays de verdade e dá "mó" treta.

Enfim, é por meio de todos esses acontecimentos e de os dois tentando parecer gays (e pais gays) que o filme se desenrola. Infelizmente eles são descobertos e vão até o tribunal provar que são gays (quando na verdade não são). Mas todos sabem que eles não são e pedem para ir para a cadeia com eles. Sendo assim, todos vão. Mas podem sair, se tirarem fotos sensuais para o calendário gay no posto dos bombeiros. Sim...

Informações do livro e avaliação final

Título: Eu os declaro marido e... Lary. (I Now Pronounce You Chuck and Larry)
Ano de lançamento: 2007
Duração: 1h50min
Gênero: Comédia
Dinheiro investido: 85 milhões de dólares

Sinopse:
Chuck Levine (Adam Sandler) e Larry Valentine (Kevin James) são o orgulho do Corpo de Bombeiros do Brooklyn, sendo também muito amigos e dispostos a ajudar um ao outro. Chuck é agradecido a Larry por ter salvo sua vida no trabalho e só pensa em curtir a vida. Já Larry é preocupado com o futuro e, devido a problemas burocráticos, não consegue colocar seus dois filhos como beneficiários de seu seguro de vida. Devido a isso Larry pede a Chuck que seja seu parceiro em alguns formulários, sendo que ninguém mais saberá disto. Entretanto uma burocrata zeloso desconfia do casal, o que faz com que eles tenham que se revelar para a cidade e improvisar como um apaixonado casal, que vive sob o mesmo teto.

Você também poderá gostar de

8 comentários

  1. Ainda não conhecia o filme mas adorei a resenha, a dias que eu procuro um flime de comédia para assistir, acho que encontrei *-* Obrigado pela dica.

    Abraços, Crazy Things

    ResponderExcluir
  2. Olha esses dias eu vi no TELECINE passando esse filme, mas nunca me interessei por ele. Eu acho que depois de ter lido um pouco da sua resenha do filme eu vou dar uma chance para assistir, até porque eu adoro dar risadas, ainda mais com o ator Adam Sandler. Adoro tudo que ele faz e muitos outros atores de filmes que admiro como Robin Willians, Eddie Murph e até mesmo o Nicolas Cage.
    Enfim...Vou procurar assistir o filme e depois falo o que eu achei.
    Achei ótima sua postagem. Espero que indique outros, porque amo assistir novos filmes
    Se cuida linda e fica com Deus

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma chance, sim! Porque é muuuuito legal! Beijos!

      Excluir
  3. Acho que eu nunca vi esse filme. Enfim, não gosto de procurar filmes de comédia, mesmo que sejam bons e tal, eu não gosto de vê-los por opção. Só os vejo quando passa na TV ou coisa do tipo. Mas amei a resenha ♥

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que? São o meu gênero de filme favoritos :333 hehe, obrigada!

      Excluir
  4. Esse filme... Ah esse filme <3 Sabe, eu curto muito o Sandler, ele é único, sem dúvidas, e neste filme, além da comédia, ele carrega uma filosofia tão delicada, crítica e pesada que é de emocionar *-*

    Ótima resenha :D
    xoxoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a maioria dos filmes dele são muito divertidos (alguns são bem idiotas...), esse filme é sem dúvida o meu favorito de comédia! Obrigada!

      Excluir

"Comento, logo existo."