Resenha - Perdida

quinta-feira, julho 24, 2014


Título: Perdida - Livro 1
Subtítulo: Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo
Autora: Carina Rissi
Editora: Baraúna
Número de páginas: 472
No Skoob: Clique Aqui
Comprar: Clique Aqui (R$ 25,80)


Sinopse
Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...


Resenha
Essa foi a segunda leitura do Clube do Livro. Eu não tenho o livro, li ele no Wattpad e depois que ele sumiu, baixei e continuei lendo. O livro conta Sofia, uma mulher completamente atarefada que não vive sem as facilidades tecnológicas da vida, como celular, computador, wi-fi, etc. Certo dia, ela vai ao bar com sua amiga, e acaba derrubando seu celular dentro do vazo sanitário. No dia seguinte, ela vai à loja comprar outro e a vendedora o vende um celular "especial". Antes de chegar em casa, ela acaba ligando o celular por pura curiosidade. E uma luz branca surge do nada e ela simplesmente acorda no "mato". Então chega um galã chamado Ian vestido com roupas antigas e ela descobre que está no século XIX. Logo ela tenta descobrir um jeito de voltar, mas só pode voltar após cumprir sua "jornada". E é assim que a história se desenrola.

Uma coisa que não gostei nesse livro, foram os sobrenomes muito comuns. Primeiro que a estória de passa no Brasil, mas o sobrenome de Ian é "Clarke". Se ele tivesse esse sobrenome, ele deveria morar, no mínimo, na Inglaterra. Para o caso se ter invadido o Brasil ou algo do gênero, ele não deveria falar português. Ou falar português com sotaque. Acho que a autora não prestou muito atenção quanto à isso e deixou a estória fraca demais.

✖ Avaliação da Escrita: A escrita é boa. Mas, a burrice de Sofia me irrita MUITO. Ela sabe que está em 1830 e mesmo assim insiste em falar gírias e coisas do gênero. Por mais que isso torne as coisas um pouco mais engraçadas, ela não deixa de ser uma completa ignorante.

✖ Avaliação do Enredo: A ideia de ir para o passado ou para o futuro através de aparelhos não é original nem de longe. Eu já vi isso acontecer em filmes diversas vezes e isso me fez diminuir o conceito com o livro significativamente. Logo no começo eu notei isso e por isso não gostei muito. É uma coisa muito mal bolada e que não agradou.

✖  Avaliação da capa *novo: A capa mostra bem como é a protagonista dentro do livro! Ela opta por usar tênis o tempo todo, e todos acham ele bem interessante. E mesmo assim, ela usa vestido formal. A Sofia é bem louca mesmo, então combinou perfeitamente a capa.

✖ O que me levou a avaliá-lo como bom?
Por mais que a escrita e o enredo não tenham me agradado muito, eu gostei desse livro. Achei uma leitura rápida e divertida. Como é um romance, dava aquele friozinho na barriga e aquela atraçãozinha básica por Ian, o astro amoroso do livro. Desde que assisti "Orgulho e Preconceito" e conheci o Mr. Darcy, fiquei comparando-o com Ian o tempo todo, imaginando o ator que fez o Mr. Darcy sendo Ian. Tão bonito e educado, mas não tão ingênuo quanto Ian. Para quem gosta de romances eu recomendaria, sim. Para quem está começando à ler também. Por isso... É um bom livro.

E você, já leu ou ouviu falar deste livro? Já leu alguma obra da Carina Rissi? Comenta aí!

Você também poderá gostar de

12 comentários

  1. Nunca tinha ouvido falar desse livro. A sinopse me pareceu interessante, porém o resto me desanimou demais UHAUHA É horrível quando a protagonista é estressante.
    Eu AMO Orgulho e Preconceito desde novinha, conheci pelo filme e o Macfadyen foi minha paixão por um bom tempinho rs É, até hoje, a única história de romance que eu gosto. Beijoo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SHASUUASHUASHUH Mr. Darcy <3 (eu a amo, ardentemente). Eu quero muuuuito ler orgulho e preconceito ;-;

      Excluir
  2. Eu tenho o livro em minha estante já tem um bom tempo e tenho uma curiosidade danada de ler, mas agora com o lançamento de encontrada, eu prefiro comprar para depois ler sabe? hahaahha...Assim não fico curiosa.
    Mas gostei bastante de tudo que você falou do livro.
    Me parece bem interessante e é o tipo de Chick-lit que eu iria adorar ler.
    Estou precisando de leituras leves. Você me indicaria algum?
    Ficaria feliz com sua ajuda =]

    Se cuida linda


    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui no blog tem várias resenhas de livros mais lights, até porque eu ainda não li nada muito clássico ou muito complexo (por mais que eu pretenda) ^^

      Excluir
  3. OOOOOOOOOOOOOOI, Sarinha queridaaaaa *-* Finalmente apareci, hein? Desculpe a demora, acabei de ver seu post no Clube do Livro, hahaha! (ansiooooooosa para a discussão! Daqui 10 minutos, hehehe!) Enfim! Uma pena você não ter gostado taaaanto como eu, haha! Sabe, você ressaltou pontos deste livro que eu nem sequer havia notado! Levei o sobrenome do Ian(lindooooo!) como uma normalidade... Haha, a Sofia é meio burrinha, né? Mas sei lá, eu gostei dela, bem parecida com a Alicia! (este é um ponto negativo nesse livro: as duas personagens têm personalidades iguais) Bom, diferentemente de você, achei interessante o fato dela ter ido para o passado através do celular, hahaha! Mas sim, é clichê! E concordo, a Sofia é doooooida, hahaha! Achei que a capa fez jus à personalidade dela. Atraçãozinha? Atraçãozona, hahahahaha! O Ian é tão perfeito! Me apaixonei tanto por ele ♥ Boooom, eu adooooorei sua resenha, Sara! Não irei discordar nada! Apenas penso diferente! Mas isto tudo bem, hahaha! E sim, eu já li Procura-se um Marido e é super bom! Porém não supera Perdida. E ansioooooooooooosa para Encontradaaaaaaaa! *-*

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOS! ♥

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi Ju! Fui fazer uma lição de inglês e esqueci completamente a discussão D: obrigada por ter dado um gás lá <3 pois é, vários pontos me deixaram mais atenta, e como eu comentei lá, vai ver que a autora é meio doida assim como elas, o que consequentemente faz com que as personagens dela também sejam... o que é um erro, né? um escritor não deve NUNCA por os seus pensamentos pessoais ou a sua personalidade num personagem... :/ mais um pontinho negativo, hihi. Quero ler o Procura-se um Marido, fiquei curiosa u.u Beijos!

      Excluir
  4. Hey hey :) Sempre que eu via essa capa de livro, tinha uma impressão que era um livro da Meg Cabot, não sei pq '-' Fiquei bem curiosa pela história, e adoro livros mais leves, mesmo que clichês :P Li um chamado 'Não sou esse tipo de garota' que eu não dava nada nada mesmo pelo livro, super clichê (até a capa é) mas o livro me surpreendeu :] Eu também me incomodo com certos sobrenomes de alguns personagens... Principalmente em histórias que se passem no Brasil, fica algo meio ~forçado~, sei lá...
    Enfim, adorei a tua resenha :3 E sim, fiquei com vontade de ler o livro. Vou marcar ele no skoob :}
    Ah sim, olha, fiquei muuuuito feliz com o teu comentário *o* Afilio sim, já coloquei teu link lá no blog >3<
    Kissus
    penseicliquei.blosgpot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que se um livro é Brasileiro, é bom que os sobrenomes tenham a ver, né... UHSHUAUAS não algo americanizado, sei lá... Ou, se vai colocar americanizado coloca o de todos! Não só dos principais... :/ Espero que goste da leitura <3 vou te colocar *-*

      Excluir
  5. O livro parece bem interessante, irei adicionar em minha listinha *y*

    www.sendohipster.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais ou menos... D: HHUSAHUSAHU beleza!

      Excluir
  6. A Sofia também me irritou bastante, ela parecia não se esforça para parar de falar gírias e se adaptar a época em que estava. Mesmo assim também avalie o livro como bom por causa do drama do final e como eu amo drama não tinha como não melhorar o conceito do livro =)

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"
    Participe do TOP Comentarista de Julho e concorra a um Exemplar Volume Único As Crônicas de Nárnia"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk sim, ela é ignorante de propósito... Bjs!

      Excluir

"Comento, logo existo."