Resenha - A Vida de Pi

terça-feira, junho 10, 2014 2 Comentários A+ a-

 

Desculpem por estar postando duas resenhas seguidas, mas eu tenho aproximadamente 13 resenhas pendentes ainda, por isso vou postar umas duas por semana até quitar essa parte e ficar com as resenhas acompanhando minhas leituras atuais. O livro tem o nome diferente do filme "As Aventuras de Pi", sim. Bem, vamos á resenha:

Título: A Vida de Pi.
Autor: Yann Martel.
Editora: Rocco.
Número de páginas: 356.
No Skoob: Clique Aqui.
Comprar: Clique Aqui.
 
Sinopse:O narrador da história é um garoto indiano de 16 anos chamado Piscine Molitor Patel, mais conhecido como Pi. Sua família administra um zoológico na cidade de Pondicherry, mas decide abandonar o país no auge de sua instabilidade política, nos anos 70. A idéia é se mudar para o Canadá, pegando carona no cargueiro que transferirá os animais do zôo para os EUA. Infelizmente, o navio afunda logo nos primeiros dias de viagem. Há apenas cinco sobreviventes: Pi, uma zebra, uma hiena, um orangotango e um tigre de Bengala, todos salvos pelo único barco salva-vidas disponível. Inicia-se aí uma cruel luta pela vida entre cinco mamíferos no meio do oceano Pacífico. Aparentemente, Pi não tem a menor chance de escapar das feras.
Enquanto aguarda sua vez de ser devorado, o garoto tenta encontrar alguma remota possibilidade de matar o tigre, o que é praticamente impossível: o animal está saudável, pesa mais de 200 quilos e é capaz de nadar. À beira do desespero, Pi conclui que o melhor a fazer é manter o felino vivo e dependente de seus cuidados. Esta é sua única chance. O jovem usa o conhecimento que adquiriu no trato dos animais no zoológico para domar a fera e conquistar o seu respeito. E o tigre, acostumado a viver numa jaula e a ser alimentado pelos humanos, não demora para perceber que precisa de Pi vivo. O mais impressionante é que o autor, Yann Martel, consegue dar um final surpreendente a uma história tão incomum. A conclusão desta aventura imprevisível contrapõe a grandiosidade e a mediocridade que coexistem em todo ser humano.



Resenha
Como eu e minha irmã somos praticamente apaixonadas por livros que descrevem culturas fascinantes, é óbvio que uma delas seria um livro que fala sobre a Índia. Logo no início do livro, Pi conta como foi que adquiriu esse nome, que é apenas uma abreviação do nome "Piscine", que foi dado pelos seus pais em homenagem a um tio de Pi.
Ele conta primeiramente como foi sua infância, e também como e porquê tinha mais de uma religião. Ele achava todas as religiões coerentes. Ele era católico, budista, islâmico, indu e ensina cabala. E esse é um dos pontos que eu mais gostei no livro, pois ele não deixou sua cultura influenciar totalmente na sua religião.
O título do livro é diferente do título do filme, mas esse é um detalhe a parte. Vamos voltar para a resenha...
Como a maioria das pessoas sabem, o zoológico da família de Pi está falindo, e por isso eles irão para o Canadá. Embarcam em um navio velho (caindo literalmente aos pedaços) e levam com eles todos os animais do zoológico. Certa noite, uma tempestade deixa o mar muito bravo e acaba causando danos ainda maiores tanto no navio, quanto na vida de Pi. Ele consegue se salvar, e no livro, ele implora para que Richad Parker, o tigre, se salve e entre no bote salva-vidas junto com ele. Ficam depois, exatos quatro animais dentro do bote: Richard Parker, a zebra, a hiena e o orangotango.
Não demora muito até que a hiena devore a maioria deles e depois seja devorada pelo tigre. Demora muito tempo até que Pi consiga se aproximar do tigre por completo.

Não considerei como um livro acima de "bom", porque é possível notar muitas vezes que tudo o que o autor escreve é apenas para "encher linguiça", coisas e assuntos completamente desnecessários, o que faz a gente ficar entediado de ler. De qualquer forma, o livro é bom, pelo fato de nos passar informações culturais e pelo fato de ter aspectos nos personagens bem originais.

Contudo, ainda assim, há boatos de que o autor Yann Martel plagiou um brasileiro, que escreveu um livro basicamente igual, porém, antes da publicação de A Vida de Pi! Em breve, farei uma postagem falando sobre isso! E aí, já leram o livro? Já viram o filme? Gostaram dele ou pensam assim como eu? Comenta aí!

#BeijocasDaSaroca






Image Map Image Map

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

2 comentários

Write comentários
12 de junho de 2014 16:18 delete

Eu já vi o filme e não achei essa coisa toda, por isso, não despertei interesse e ler o livro. Ah, o blog tá divo com esse layout. ♥

>> Nosso blog, visite!
- xoxo –

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
12 de junho de 2014 17:09 delete

Obrigada *-* eu particularmente acho filme bem mais legal que o livro... (e é difícil eu achar uma coisa dessas kkk)

Reply
avatar

"Comento, logo existo."